segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Com cuidados simples, é possível diminuir o risco de acidentes sobre duas rodas

Um estudo aponta o Brasil como o segundo país no ranking de vítimas fatais em acidentes de trânsito com motos. Em Apodi apesar da frota ainda pequena mas que cresce todos os dia, acidentes envolvendo motocicletas tem tirado vidas todos os anos, pilotar motos requer muita atenção. Em nossa cidade devido a pouca fiscalização é comum ver pessoas fazendo malabarismo em suas motos nas ruas e ate nas estradas, esse também é um fator que contribui e muito para aumentar o numero de acidentes. A seguir, os mecânicos da UMA sempre pensando em sua segurança propõe uma série de dicas que podem ajudar a reverter este cenário.

1. Mantenha-se sempre visível.
Sempre que possível, é recomendável a utilização de roupas com detalhes reflexivos. Além disso, trafegar com o farol ligado ajuda a manter o veículo ao alcance do campo de visão dos outros motoristas. Evite manobras que possam não ser percebidas pelos condutores dos outros veículos.


2. Respeite os sinais de PARE.
Ainda que seja chato parar a todo momento, é fundamental respeitar os sinais de PARE nos cruzamentos. Afinal, nenhuma sinalização é implementada sem motivo. Também é preciso tomar precauções ao parar, para não comprometer os veículos que seguem atrás de você.


3. Não ultrapasse nas curvas.
Fazer ultrapassagens nas curvas limita a visibilidade dos veículos que transitam pela pista oposta. O ideal é esperar por um trecho de retas para poder realizar a manobra com plena segurança.


4. Não transite em paralelo a outros motociclistas.
Em caso de uma situação perigosa, como esquivar de um carro ou algum obstáculo no caminho, não haverá espaço suficiente para manobrar, comprometendo a sua segurança e a do outro motociclista.


5. Não bloqueie as passagens de pedestre.
Ao chegar a um cruzamento, sempre pare antes de cruzar a linha e nunca obstrua o tráfego de pedestres. Parar em cima da faixa é crime e dá multa.


6. Não transite entre outros veículos.
Para as motos, a visibilidade é um ponto mais crítico do que para os automóveis, devido as dimensões de cada um dos veículos. Ainda assim, as manobras de ultrapassagem seguem a mesma lógica para as duas categorias. Desse modo, assegure-se de que você está sendo visto por outros condutores.


7. Cuidado com o ponto cego.
Não circule muito próximo a carros ou caminhões. Você pode estar na zona de “ponto cego” dos outros veículos, que podem mudar de pista sem aviso prévio e provocar acidentes.


8. Respeite o sinal vermelho.
Observe com cuidado e antecedência o sinal vermelho. Comece a parar antes de chegar muito próximo do semáforo e não freie bruscamente, para evitar colisões com veículos que circulam atrás de você.

9. Cuidado com crianças nas ruas.
Este é um dos principais motivos de acidentes envolvendo motos. É comum motociclistas colidirem com crianças que estão transitando sem a devida atenção. Por isso, anteceda qualquer situação de risco e circule com mais cuidado em zonas escolares e nas proximidades de parques e praças. Reduza a velocidade e se atente para grupos de crianças que jogam bola no meio da rua.


10. Observe os obstáculos no caminho.
Os mais diferentes tipos de obstáculos nas ruas, como lixo, entulho, árvores caídas ou buracos, podem intensificar o risco de um acidente em cadeia. Por isso, mantenha-se atento ao caminho pra detectar irregularidades na pista com tempo suficiente para evitar tragédias.

A UMA ADVERTE ! 
Todas essas dicas são muito importantes para sua segurança e de todos, lembre-se o mais importante é a sua vida, não espere por fiscalizações para poder respeitar as leis, valorize a sua vida e a do próximo  tenha atitude e sempre use equipamentos de segurança.

Confira também esse vídeo sobre cuidados em duas rodas.


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário